Criança três-lagoense procura por doador compatível de medula óssea para sobreviver

Criança três-lagoense procura por doador compatível de medula óssea para sobreviver

A família de Geovana Dias, está fazendo uma campanha nas redes sociais para achar um doador de medula óssea compatível, a pequena foi diagnosticada com uma doença rara quando tinha apenas 2 anos de idade, a síndrome chamada Aplasia na Medula Óssea, é uma doença que resulta da falência da medula óssea em produzir células sanguíneas. O caso da Geovana é congênito.

Os parentes conscientizam a população sobre a importância do cada

Segundo estudos científicos, a probabilidade de encontrar um doador compatível é de 1 para 100 mil. Dentro da família, a maior probabilidade é entre parentes de primeiro grau. Porém sua mãe e irmã não são, logo, acredita-se que o pai que abandonou a família quando a mãe de Geovana engravidou possa ser 100% compatível e assim pode salvar a vida da pequena. Sobre o pai não se sabe muita coisa, apenas que se chama Geovane e morou em Três Lagoas há 13 anos.

Mesmo tão novinha, Geovana já passou por diversas internações extensas desde que foi diagnosticada com a doença. A pequena já chegou a ser internada com 5mil plaquetas, números baixíssimos para um ser humano. Geovana é conhecida pelos médicos como "O milagre".

O intuito da campanha e conseguir achar um doador de medula compatível com Geovana, além de dar visibilidade ao perfil da pequena no Instagram - @diasdege - para que assim possam encontrar o pai e finalmente realizar o exame para ver se ele é compatível e possa fazer a doação.

Como ser um doador de medula
Aqueles que querem se tornar doadores de medula óssea devem procurar um hemocentro, doar uma pequena quantidade de sangue (10ml) e realizar o cadastro no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome).